Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Pé Descalça

24 Horas em Londres

Se acompanham o blog, já estão fartos de saber sobre a minha viagem à Croácia dada a expectativa que fui criando. E a única coisa que se seguiu a essa expectativa foi um silêncio de mais de um mês... Foi por uma razão muito válida que será mais tarde explicada mas até lá:

 

 

E agora que já me perdoaram (obrigada malta), deixem-me levar-vos comigo pela minha viagem à Croácia começando então pelo último dia. Só para ser diferente.

 

Então, comecemos.

Para conseguir bilhetes baratos, marquei o meu vôo para a Croácia através da RyanAir para Londres e só depois para Zadar. À vinda, o meu vôo aterrava em Londres às 18h30 de dia 5 de maio e o meu vôo para Lisboa só saía no dia seguinte às 18h. Assim, aproveitei as minhas 24 horas em Londres para visitar uma cidade que sempre me intrigou. 

 

Para dormir bem e ficar numa zona central sem gastar muito dinheiro, reservei uma cama num dormitório do hostel Clink78. Foi uma das melhores decisões que tomei: localizado a 10 minutos a pé da St. Pancras Station, a localização não podia ser mais central pelo preço que paguei. E por apenas cerca de €20 por uma cama num dormitório feminino de 6 camas ainda tive um excelente pequeno-almoço incluído e sala para me guardar a mala no dia seguinte.

 

Assim que cheguei, fui tomar um duche. Estava exausta da semana louca na Croácia com a C. e do dia de viagem. Comi a sandes que tinha comprado no Prêt-à-Manger na cama e conversei um bocadinho com as duas canadianas com quem estava a partilhar o quarto. Foram muito queridas e coincidentemente viviam na mesma parte do Canadá onde eu tinha vivido por isso a conversa foi fácil. Deram-me umas dicas sobre a cidade, visto que já lá estavam há uns dias, e recomendaram-me a visita guiada gratuita de Londres que partia do hostel às 10h todos os dias.

 

Felizmente, segui o conselho delas e descobri a parte mais "turística" de Londres com a guia Rachel da Sandemans. Foram 3h30 de caminhada, por vezes com chuva e sempre com frio, mas também sempre com entusiasmo e (melhor ainda) com uma ótima refeição no final com direito a desconto e tudo.

 

Confesso que nunca tive aquele fascínio por Londres que toda a gente parece ter, mas a cidade surpreendeu-me imenso e assim que comecei a explorá-la senti-me como uma criança numa loja de brinquedos. Começámos a caminhada perto de Covent Garden, parámos em Trafalguar Square, seguimos para St. James Palace para ver chegar a guarda nepalesa (já vos explico*), fomos depois para Buckingham Palace para ouvir umas histórias interessantes e depois atravessámos St. James Gardens para chegar ao Big Ben e a Westminster Abbey. As fotografias estão em baixo.

IMG_4767.JPG

IMG_4779.JPG

IMG_4785.JPG

IMG_4803.JPG

IMG_4806.JPG

 Como podem ver, o tempo não estava particularmente bom mas a certa altura a nossa guia esteve de manga à cava! Disse que este era um dia de "bom tempo" porque a chuva "ia e vinha". Coitaditos.

 

Mas Londres realmente é qualquer coisa. Claro que as 24 horas que lá passei não foram suficientes para conhecer a cidade por dentro e por fora mas fico feliz porque não desiludiu e, aliás, só me intrigou ainda mais. Espero poder voltar em breve!

 

*No dia em que visitei Londres, era o segundo centenário da celebração de um acordo de paz entre a Grã Bretanha e o Nepal. Durante a guerra entre os dois países, o respeito entre ambos foi tanto que o exército britânico chegou a contratar vários oficiais nepaleses depois da guerra. Assim, as relações amistosas mantiveram-se entre os dois países através da celebração da paz com o envio da guarda nepalesa para guardar Buckingham Palace.

4 comentários

Comentar post